iverde1.gif (542 bytes)

iverde2.gif (454 bytes)

Modellus

Dowload de animações em Física

 

        Simulações e animações oferecem um potencial sem limites para permitir que os estudantes entendam os princípios teóricos das Ciências Naturais, a ponto de serem chamados de laboratórios virtuais. Essa ferramenta pedagógica é de grande valia para o aumento da percepção do aluno pois pode incorporar a um só momento diversas mídias: escrita, visual e sonora. E desse modo potencializa as possibilidades pedagógicas da interação professor-aluno.

         A Física é essencialmente uma ciência experimental, na medida que ela surge para explicar os fenômenos naturais, e qualquer teoria só tem significado real quando é comprovada experimentalmente. Eventos são fenômenos que acontecem naturalmente ou que se faz acontecer na Natureza. O processo de investigação experimental é, essencialmente, um processo através do qual se vai de eventos até respostas a questões formuladas a respeito destes eventos.

         Por maior que seja a capacidade de explanação de determinado mestre, ele esbarrará sempre nas dificuldades de expor um fenômeno físico dinâmico através de recursos estáticos que dispõem. É quase impossível, usando apenas giz e quadro negro, representar a dinâmica de um evento em uma seqüência de instantâneos - como os desenhos de uma animação. Apenas um artista gráfico com grande habilidade conseguiria fazer esta concatenação de desenhos, no tempo útil de uma aula. Na prática, os professores costumam supor que a capacidade de abstração dos alunos será suficiente para perceber a evolução temporal de um dado evento.

         Como sabemos, poucos alunos desenvolveram uma razoável capacidade de abstração, e como uma das conseqüências um bom número de estudantes tem grande difi-culdade em acompanhar certos tópicos dos cursos de Física do Ensino Médio. As animações são o poderoso aliado na exposição de fenômenos que variem com o tempo, tornando o processo pedagógico mais direto, e mais simples o contato dos estudantes com as idéias centrais que se deseja mostrar. Afora tornar acessíveis a qualquer instante os "experimentos virtuais", podendo ficar a disposição dos alunos fora do horário das aulas pois os roteiros das "experiências" são auto-instrucionais.

          Existe um aplicativo didático chamado Modellus ,  obtido gratuitamente a partir do autor ( ou em nosso endereço ), que torna possível uma aula de Física com grande riqueza de detalhes. Ele é extremamente amigável, ou seja: aprende-se a usá-lo e a criar as próprias animações, com facilidade. Contando com um pouco de habilidade algébrica, pode-se aprender rapidamente a criar as suas animações. Este é um software de distribuição gratuita, prestando-se de um modo adequado à difusão da informática educativa. É excelente para apoio aos cursos presenciais.

         Este programa foi desenvolvido pelo grupo do Prof. Vitor Duarte Teodoro da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

        Atualmente está sendo desenvolvido, por bolsistas de Licenciatura em Física, o projeto do PROLICEN -  "Educação Mediada por Computador: Cursos de Física" que envolve a criação de um Curso de Física de Nível Médio e paralelamente um Curso de Física de Nível Universitário, usando tanto applets de Java como animações criadas com o Modellus.

        À seguir disponibilizamos, neste espaço, algumas das animações finalizadas por este grupo.

        Para visualizar as animações é necessário copiar o aplicativo Modellus. Ele pode ser obtido gratuitamente clicando no ícone superior à direita(em Portugal) ou no ícone inferior à direita(no Brasil). Esse arquivo tem um tamanho de  320kB. Quem tiver uma maior curiosidade, pode "baixar" o Manual do Modellus em português. Download de Portugal logomodellus.gif (1241 bytes)
Download do Brasil - DF/UFPB logoufpb.gif (3772 bytes)
Assunto Nome Resumo
01. Vetores Soma de vetores Soma de dois vetores.
02. Cinemática MRU Análise do movimento de três objetos que se deslocam com velocidades constantes e diferentes entre si.
03. Cinemática MRUV Análise do movimento de dois objetos que se deslocam com acelerações constantes e diferentes entre si.
04. Cinemática Dois trens Movimento de dois trens saem defasados de uma mesma estação.
05. Cinemática Avião e tanque Avião ataca um tanque em movimento.
06. Cinemática Carro e moto Carro ultrapassa moto, que acelera para alcançá-lo.
07. Cinemática Projéteis 1 Lançamento oblíquo de projéteis - mira em alvo fixo
08. Cinemática Projéteis 2 Lançamento oblíquo de projéteis - força e velocidade
09. Cinemática Projéteis 3 Lançamento oblíquo de projéteis - mira em alvo caindo
10. Cinemática Projéteis com atrito no ar Lançamento oblíquo de projéteis considerando o seu atrito com o ar.
11. Cinemática Lançamento vertical Lançamento vertical de projéteis.
12. Cinemática Plano inclinado Movimento de uma partícula em um plano inclinado.
13. Cinemática Elevador Aceleração e desaceleração de um elevador.
                                              
12. Oscilações Massa - mola Sistema massa-mola, com a possibilidade de análise das oscilações amortecidas.
13. Oscilações Pêndulo Pêndulo simples, com a possibilidade de análise das oscilações amortecidas.
14. Oscilações MHS - dois corpos Dois corpos com movimento harmônico simples de mesmas amplitudes e períodos, mas com constantes de fase diferentes.

iverde.gif (528 bytes)

 

® Romero Tavares da Silva