iverde1.gif (542 bytes)

iverde2.gif (454 bytes)

imarinho1.gif (628 bytes)

 

Hai Kais de autores japoneses

 

            
Bashô Buson
Chiyo-ni Hokushi
Issa Kyoshi
Shiki Taigi
              
                  

 

Bashô

Vai-se a primavera!

Lágrimas no olho do peixe.

Choram as aves.

Vai-se a primavera!

Lágrimas no olho do peixe.

Choram as aves.

             

          

Já é primavera

Uma colina sem nome

Sob a névoa da manhã

Tão mirrada,

De tanto arroz e cevada,

A gata enamorada.

                   

                    

À cotovia,

Que canta sem cessar,

O dia inteiro não basta.

Acorda, acorda!

Vem ser minha amiga,

Borboleta que dorme!

                     

                      

O velho lago ...

O ruído do salto

Da rã na água.

No perfume das flores de ameixa,

O sol de súbito surge

Caminho da montanha!

iverde.gif (528 bytes)

Buson

Dias que se alongam

Cada vez mais distantes

Os tempos de outrora!

Outro longo dia,

E a primavera

Vai chegando ao fim!

                  

                   

Mar de primavera

O dia todo,

Ondula, ondula ...

Sobre o sino,

Repousa e dorme

A borboleta.

                  

                       

Sobre o sino,

Repousa e dorme

A borboleta.

Saio na varanda

Para fugir da mulher e filhos.

Que calor!

                          

                           

iverde.gif (528 bytes)

Chiyo-ni

Borboleta!

O que sonhas, assim,

mexendo suas asas?

iverde.gif (528 bytes)

Hokushi

Pelas vigas da ponte,

Os raios de sol

Na névoa da tarde.

               

                  

iverde.gif (528 bytes)

Issa

Primeiro dia do ano:

Meu barraco,

O mesmo de sempre.

Farfalhando,

A primavera se vai

No capim do prado.

                      

                     

Ao derreter-se a neve,

A aldeia se enche

De crianças!

O gato, ao acordar,

Com um grande bocejo

Vai namorar.

                          

                            

A lua da montanha

Gentilmente ilumina

O ladrão de flores.

iverde.gif (528 bytes)

Kyoshi

Quando penso

Em partir em viagem,

O fim da primavera.

iverde.gif (528 bytes)

Shiki

Que coisa horrível!

Os gatos enamorados

Derrubaram o muro.

Flutuando,

Abandona-se ao vento

Uma borboleta.

                             

                             

Uma cai ...

E duas caem a seguir

Camélias!

Apenas homens,

E uma mulher entre eles.

Que calor!

                     

                         

iverde.gif (528 bytes)

Taigi

Nem se lembra

Do arroz grudado ao bigode

Gato enamorado.

iverde.gif (528 bytes)

 

® Romero Tavares da Silva