JAVA NA WEB

Esta página tem informações sobre a linguagem de programação JAVA. Os links dão acesso à arquivos fontes, manuais, exemplos, cursos, características, applets, listas de discussão, downloadings, grupos de desenvolvimento e muito mais. Veja também um breve resumo sobre a linguagem JAVA na seqüência.


Sites Importantes

The Recife Java Team

JAVA - SUN

Site Oficial da SUN

SOU JAVA - Sociedade de Usuários Java

IBM - International Business Machine

Java - Applets - Free Java Applets

Java Land - Oak Ridge National Laboratory

Java Boutique - Free Java Applets



Applets de Java

Os applets de Java são programas de computador escritos na linguagem de programação Java que podem ser anexados em documentos HTML, sendo portanto, um recurso fantástico, de ação local e à distância.

Um applet, tem como exemplo, animações, botões, imagens, barras de rolagem, áreas de textos, campos de textos etc. Ele suporta todo efeito de multimídia como sons, interações com o usuário (mouse, teclado), imagens, animações, gráficos etc.

A linguagem de programação Java está na vanguarda da tecnologia de comunicação via Web, por permitir muito mais do que o emprego de uma simples animação, e sim a possibilidade determinante de interação, com o controle do usuário, é importante que se diga, sobre a forma de apresentação do arquivo carregado pelo navegador desde que o programa elaborado tenha em próposito e certamente deve ser pensado assim quando se tem a preocupação com o ensino-aprendizagem.

A orientação a objetos tem por objetivo representar o mundo real, fazendo-nos programar em forma de blocos que são acessados quando se tem um evento atuando na tela do computador (um mouse que se move, um tecla que se pressiona etc) e organizar as coisas que nos cercam por classes (estudantes de graduação, estudantes do segundo grau etc). Em termos de linguagens de programação orientadas a objetos, as classes podem ser botões, barras de rolagem, menus, gráficos, tipos de fontes, cores, recursos de entrada e saída de informações.

A estrutura na qual foi desenvolvida a linguagem de programação Java interliga a área de cálculos matemáticos onde se pode escrever as equações físicas em conjunto com os recursos disponíveis para a Internet e exibição gráfica dos resultados obtidos pela intervenção final do usuário.

Os programadores em Java tem ao seu dispor uma infinidade de recursos potencialmente favoráveis, tais como:

Estrutura semelhante a C/C++

A linguagem C/C++ é uma poderosa linguagem de programação de desenvolvimento, produzindo softwares como a própria linguagem C, Windows, Fortran, Access, Word, Pascal, Delphi, Windows etc. Java incorpora estes recursos a ponto de ser escrita na própria linguagem de programação Java;

Arquivo fonte compilado

O arquivo fonte, contendo os códigos da linguagem, definição de classes, variáveis, métodos, é compilado e criado um outro arquivo com extensão .class (anexado por exemplo numa página HTML) chamado de Máquina Virtual que será o arquivo a ser executado para se produzir os efeitos desejados;

Portabilidade

O arquivo .class, uma vez criado, poder ser transportado e executado em qualquer arquitetura por mais diferenciada que seja em comparação com a máquina original em que o arquivo foi criado. O navegador rodando em um outro sistema operacional interpreta a máquina virtual (arquivo .class) executando-o com o padrão planejado pelo programador;

Segurança e eficiência

Código amplamente testado, tornando-se uma linguagem robusta, incorporando os recursos numéricos para aumentar a precisão e avaliação automática de resultados e indicação de erros através de testes de limites;

Linguagem suporta concorrência

Há uma classe em Java (Thread, sendo a melhor tradução o termo paralelo) que possibilita a execução de tarefas diferentes ao mesmo tempo facilitando a implementação de arquivos que podem estar em pleno funcionamento, enquanto usamos o mouse ou o teclado para entrar com modificações nos dados sem afetar as operações que estão sendo executadas. Posso afirmar que este recurso, sobretudo, determina a forma de ação do sujeito sobre o applet individualizando o modo de aprendizado;

Arquivos pequenos

Os arquivos produzidos são bastante pequenos, aproximadamente 10, 20 kbytes, facilmente transferidos pela Internet, ou pela colocação em disquetes para serem usados em computadores que apenas dispõem de navegadores mas não estão ligados a rede mundial de computadores.