Índice
Página Anterior   - Forças em Plano Inclinado
Próxima Página    - Polia Móvel
Capítulo Anterior - LEIS DE NEWTON
Próximo Capítulo  - TRABALHO E ENERGIA

6.7 Forças em Plano Inclinado Duplo

   Um corpo de massa mA é colocado sobre um plano de inclinação e está preso a outro corpo de massa mB colocado sobre um outro plano de inclinação através de um polia fixa. Supondo que o bloco A descerá, e considerando a presença de atrito, a aplicação da 2ª Lei de Newton ao corpo A tomando como os eixos de referência, um na direção do movimento com o sentido de crescimento para baixo e outro perpendicular ao plano de contato temos

a aplicação da 2ª Lei de Newton ao corpo B tomando como os eixos de referência, um na direção do movimento com o sentido de crescimento para cima e outro perpendicular ao plano de contato chega-se as expressões para as componentes

Das expressões 2 e 4, encontram-se as forças de contato normais

(6.29)

Somando-se as expressões 1 e 3, membro a membro, eliminando-se a tração T no fio

encontrando-se para a aceleração dos dois blocos

(6.30)

A tração no fio calcula-se usando, por exemplo, a expressão 3, sendo apresentada na equação (6.31)

(6.31)


© 2001 Todos os direitos reservados
José Nazareno dos Santos (Bolsista do PROLICEN)
Prof. Dr. Romero Tavares da Silva (Orientador)

Entre em contato conosco
jns@fisica.ufpb.br
emc@ead.ufpb.br
romero@fisica.ufpb.br
romerots@terra.com.br

Topo da Página